Médicos ensinam: Como cuidar dos machucados???

Muito importante uma assistência médica para nos orientar sobre como cuidarmos, o que fazer em caso de ferimentos, “ralados”, cortes…

Uma pediatra e um cirurgião foram convidados pelo programa “Bem Estar” da Rede Globo para explicarem o que fazer nessas situações de pequenas emergências.

Quem nunca caiu, se cortou ou ralou?  No feriado prolongado, as pessoas (principalmente crianças e adolescentes) ficam em casa, saem às ruas e podem se descuidar.

A maioria dos acidentes acontece em casa, sobretudo na faixa dos 3 aos 15 anos. Homens e mulheres empatam em número de ocorrências, tanto na infância quanto depois dos 50 anos. E o risco aumenta em famílias com muitas crianças.

No estúdio do Bem Estar, o cenografista Adriano Gianolla apresentou quatro tipos mais comuns de machucados que costuma simular com maquiagem para dar treinamentos de urgência. Segundo o cirurgião Tannuri, açúcar e mel ou própolis podem ajudar a matar micróbios em uma ferida mais antiga, onde já haja infecção e secreção.

A pediatra Ana Escobar explicou que, quando se forma um galo na cabeça, é melhor sangar e inchar para fora da cabeça do que para dentro, o que pode indicar algo mais perigoso. De acordo com a pediatra, passar compressa fria, gelo, faca ou colher gelada podem ajudar a estancar o sangue nessa hora.

Os especialistas também disseram que um corpo estranho que entra na pele (como uma faca, um prego ou anzol)  não pode ser retirado domesticamente, o que só deve ser feito no hospital. Essa recomendação serve para evitar que um vaso sanguíneo se rompa e cause uma hemorragia interna, já que muitas vezes o objeto está estancando um sangramento dentro do corpo.

Por fim, o Bem Estar resumiu que, se você escorregou, se cortou e machucou, não se desespere. Pôr gelo ajuda a amenizar a dor e a não inchar muito a região. Se for um corte leve, deve-se lavar com água corrente e sabão ou sabonete. Água oxigenada também serve.

No caso de um ferimento mais profundo, pressione o local com um pano limpo e vá ao pronto-socorro ou hospital para fazer um curativo e receber as instruções do médico. Além disso, é importante estar com a vacina antitetânica em dia, para evitar complicações.

Programa Bem Estar

Fonte: g1.globo.com/bemestar

Mais uma vez esse programa tão útil vem trazendo informações extremamentes necessárias para as populações mais “leigas” sobre o assunto. Brilhante idéia dos produtores desse programa. Valeu mais uma vez pelas dicas, Bem Estar! Estamos ligados sempre em vocês!!!

Fonte: globo.com/bemestar

Por: Rutiely Tomaz – Tielim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: