DENGUE

Novamente toco em um ponto de grande preocupação para todos nós, a DENGUE.

 Neste ano de 2011 já podemos ouvir falar sobre as primeiras noticias de morte, e em praticamente todos os Estados já houveram casos notificados de dengue simples e vários casos pelo Brasil de Dengue hemorrágica.

Trata-se sem duvida alguma de uma situação de saúde pública, que se alastra durante os períodos de chuva. Atualmente, a dengue hemorrágica está entre as dez principais causas de hospitalização e morte de crianças em países da Ásia tropical.

A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti ou Aedes albopictus (ambos da família dos pernilongos) infectados com o vírus transmissor da doença e quem estiver com dengue, deve-se prevenir das picadas do mosquitos com repelentes e mosquiteiros, para evitar a transmissão da doença ao mosquito que consequentemente irá infectar outras pessoas.  
Aos Primeiros sintomas da doença, compareça a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa, para rápida divulgação e inicio do tratamento.
É muito fácil acabar com essa doença LETAL e melhor, GRÀTIS, mas para isso é necessário a colaboração de todos nós. Não adianta você cuidar  da sua casa, do seu quintal e o seu vizinho não colaborar. Portanto não deixe nenhum objeto que possa acumular água , até uma tampinha de garrafa é suficiente. Todos nós conhecemos as medidas de controle, e precisamos urgentemente iniciar essa batalha, por que podem acreditar, a dengue mata mesmo!
Vou dividir com vocês, um caso pessoal:  No ano de 2006 houve uma grande epidemia de dengue na minha cidade, foi um cáos. Hospitais lotados, sem leito, demora nos atendimentos devido ao aumento brusco na demanda de internações e exames, e nessa época eu contraí a doença. Não me caracterizaram como “hemorrágica”, mas eu tinha 25.500 plaquetas /mm3, tive vários sangramentos e estava me recuperando de uma cesáreana e meu bebe tinha apenas 2 meses, uma dor no corpo horrorosa e por algumas vezes me senti tão mal que tive medo de não aguentar. Pra aumentar o meu desespero, recebi a noticia da morte da Andréa (19 anos) uma menina linda, cheia de vida, jogadora de basquete e do Dário (19 anos) , que cursava Direito na mesma universidade que eu. É muito triste perder pessoas, seja por qual for a causa, mas por coisas que poderiam ser evitadas doem ainda mais.
Fiquei 11 dias internada, perdi 9 Kg dos 566 que eu tinha e pra ser sincera minha saúde nunca mais foi a mesma, mas graças a Deus eu saí de lá viva!
Não desejo isso a sua família.
Vamos fazer a nossa parte e vencer mais uma batalha dentre tantas que já foram.
Mais informações você pode encontrar no site Combate a Dengue!
Por: Carol Estevam

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: