Imagem campeã do prêmio de fotografia 2010.

Sem dúvida nenhuma vivemos em uma das nações mais tolerantes do mundo. É claro que existe o preconceito, a homofobia, a violencia contra os mais fracos, mas definitivamente, somos livres de certas atitudes ou atividades impostas por regimes (ou religiões) de alguns países.

Aconteceu hoje o prestigioso prêmio World Press Photo de 2010, um dos mais cobiçados do jornalismo fotográfico, onde milhares de fotos concorrem ao premio de melhor foto do ano, e a de 2010 foi esta abaixo, tirada por Jodi Bieber e publicada na revista Time, em 1º de agosto do ano passado.

A imagem contrasta a beleza da mulher com as sequelas da violência a que ela foi submetida, por fugir de um casamento marcado pela violência doméstica. O retrato é  de uma mulher afegã cujo esposo cortou seu nariz e suas orelhas, em um caso de justiça imposta pelo Taleban após ter fugido do casamento devido a violências domésticas sofridas.

Os membros do júri disseram que a imagem, ainda que impactante, foi eleita porque aborda com dignidade a violência contra as mulheres. Bieber é afiliada ao Institute for Artist Management/Goodman Gallery. A mulher registrada, a afegã Bibi Aisha, de 18 anos, foi resgatada por militares norte-americanos e atualmente vive nos Estados Unidos.  

A imagem de Bieber gerou um debate internacional sobre a ética de se publicar ou não algo tão chocante. “É uma imagem terrível, diferente, assustadora”, disse o jurado Vince Aletti, um crítico de fotografia norte-americano. “Ela fala muito, não apenas daquela mulher particular, mas do estado das mulheres no mundo”.

É dificil para nós acreditarmos que ainda aconteçam coisas assim (ou piores) em 2011. Não estou aqui para julgar a fé nem os preceitos de ninguém, mas que Deus tenha piedade desse povo.

por: Carol Estevam

2 Respostas

  1. É impressionante que em pleno século XXI existam pessoas que defendam uma sociedades destas! Isto é uma barbarie…Estas pessoas, incluisve os líderes religiosos têm ir para os quintos e sextos do inferno… Como pode fazer uma coisas destas e ainda dizem ser em nome de Deus! Com certeza o “deus” deles não pertece à humanidade…

  2. Perfeitaaa a matériaaaaa!!!
    Se todos os prêmios olhassem para essa lado, o lado humano seria muito mais utilizado!
    Parabéns pela matéria!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: