BR-262 e Engenharia Biomédica

Duas coisas me chamaram a atenção hoje enquanto lia ao Jornal da Manhã de nossa cidade de Uberaba. A primeira delas, foi a respeito de um acidente na BR-262 de um caminhão que ficou vazando álcool, mas o choque nem foi por isso. O fotógrafo registrou na imagem, uma situação muito pior que a em destaque.

 Observem vocês o descaso com a rodovia, observem o canteiro central totalmente tomado pelo mato, o acostamento, se é que podemos chamar aquilo de acostamamento está na terra, asfalto quebrado, enfim. É por isso que todos os dias dezenas de pessoas não retornam para suas casas. E a gente pagando R$ 62,05 de TRLV; R$ 101,00 de DPVAT, fora o IPVA que arrebenta com o bolso e o inicio de ano de todo brasileiro. Por isso sou a favor das rodovias com pedágio. Vou para Ribeirão sosinha,  sem medo, mas não vou em Araxá.

A vida das pessoas e a nossa segurança devia ser colocada em 1 lugar. Mas enquanto estivermos elegendo pessoas desqualificadas para cargos de poder, é assim que caminharemos.

O Segundo fato que me focou, foi bem melhor…. nas colunas sociais a foto de uma moça ingressando na UFU (Uberlândia) no curso de “Engenharia Biomédica” (que por sinal está grafada erroneamente no jornal), nunca havia ouvido falar nessa graduação, e pesquisando descobri que é um campo muito atrativo. ” É a área da engenharia que cuida da concepção de equipamentos médicos, biomédicos e odontológicos, voltados para diagnóstico ou tratamento terapêutico. O engenheiro biomédico projeta a estrutura, desenvolve e monta os equipamentos e faz a sua manutenção corretiva e preventiva. Pode ainda calibrar e aferir os equipamentos médicos e eletromédicos. Como tem conhecimentos na área de informática e eletrônica, cria softwares e equipamentos eletrônicos que otimizam o uso das máquinas pelos médicos, enfermeiros e dentistas. Também pode gerenciar a área de compras de equipamentos médicos e planejar seu uso. Realiza ainda pesquisas científicas para a descoberta de materiais e instrumentos biomédicos. Esse bacharel atua em hospitais, clínicas médicas, centros de saúde, laboratórios farmacêuticos e de análises clínicas, serviços especializados em manutenção hospitalar e centros de pesquisa.”  O Salário inicial é de R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP). Ah, e detalhe: tem especialização nessa área para profissionais graduados em biomedicina.

Mais informações: http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/engenharia-producao/engenharia-biomedica-602938.shtml

por: Carol Estevam

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: